quarta-feira, outubro 31, 2007

Pecados Poveiros

Pergunto-me senhor Presidente do Conselho Jurisdicional da FPT, se no caso Póvoa de Varzim, o órgão que V. Ex.ª preside tratou o assunto com a mesma leveza como o fez relativamente ao pedido que o «PTC» lhe solicitou por carta em 2006? Será que de facto deliberaram, ou passaram os olhos pelo conteúdo da mesma? Se o fizeram, fizeram-no mal, pois o que a Justiça não desportiva entendeu, foi rigorosamente contrário ao que a FPT transmitiu.Ou será que o C. Jurisdicional não teve conhecimento da carta? Não quero acreditar, que isso possa acontecer…


E para que se possa melhor compreender como detectar um mau Árbitro eis o artigo completo..
o corpo em forma de ampulheta


A pesquisa, que foi publicada no jornal da Associação de Psicólogos Americanos (APA), foi feita com 16 voluntários divididos em 8 homens e 8 mulheres, metade heterossexual e a outra homossexual, segundo O Dia. No trabalho, os voluntários foram convidados a andar em uma esteira rolante por 2 minutos, onde eram filmados. "Nós sabemos que homens e mulheres têm corpos diferentes e andam de maneira distinta e podemos provar que observadores casuais podem identificar se eles são heterossexuais, gays ou lésbicas, com uma percepção bastante apurada", disse o autor do estudo Kerri Johnson, professor-assistente da UCLA. Johnson e seus colegas colocaram em foco na pesquisa os quadris, a cintura e os ombros dos voluntários. Eles gravaram as imagens do grupo em um sistema de vídeo tridimensional e conseguiram chegar a uma fórmula. Segundo os pesquisadores, homens gays, diferentemente de heterossexuais, têm o corpo em forma de ampulheta e balançam os quadris. Já as mulheres têm o corpo em forma tubular e balançam mais os ombros do que as heterossexuais. Para comprovar esta teoria os pesquisadores levaram 112 estudantes a analisar os vídeos, que mostravam os voluntários andando de costas em diversas velocidades. Resultado: os alunos conseguiram definir - sem ver os rostos -, a orientação sexual dos voluntários. Detalhe: em relação aos gays, os estudantes tiveram 60% de acerto, enquanto que com as mulheres homossexuais o grau de acerto foi menor, mostrando que as lésbicas são menos detectáveis que os homens homossexuais. Assim, os pesquisadores concluíram que observadores comuns podem identificar correctamente um gay ou uma lésbica com um mínimo de informações Fonte: Pravda.ruGays e lésbicas podem ser detectados visualmente pelo tipo de corpo e pela forma que caminham, revela um estudo conduzido pelas universidades de Nova Iorque e UCLA.



segunda-feira, outubro 29, 2007

O 50º… resolve

Tnis CasoPovoa
Conselho Jurisdicional protegeu Dino Almeida
M.P.
Ao considerar improcedente a queixa apresentada por Rita Freitas e Daria Neterina relativa às faltas de comparência que lhes foram aplicadas, em Agosto, no torneio de 10.000 euros da Póvoa de Varzim, a Federação Portuguesa de Ténis - apoiada pelo Conselho Jurisdicional - optou por uma clara protecção ao juiz-árbitro. . A função foi desempenhada por Dino Almeida - nunca é demais lembrar que acumula o cargo de presidente da Associação de Ténis de Coimbra - e no caso de Rita Freitas não existiu a mínima preocupação em defender alguém que fez questão de esperar quase duas horas pela adversária. . A decisão baseou-se no artigo 50ª do Regulamento Administrativo e, em especial, no facto de, passa-se a citar, "todo o protesto ou reclamação não registado no boletim de jogo ou não apresentado por escrito no prazo de 36 horas após o facto que lhe deu origem é irrelevante".

......//......

C. Jurisdicional da Federação Portuguesa de Ténis, “parece” que entende não haver nada a apontar (presumo que não há faltas de comparência) no torneio da Póvoa de Varzim…por não haver registo de protesto ou reclamação em boletim de jogo.
Um jogador pode escrever no boletim de jogo utilizado pela equipa de arbitragem?
Os encontros realizaram-se?
Não constam faltas de comparência?
Nos quadros aparece «o resultado dos encontros!»?
Levaram dois (2) meses para encontrarem um artigo «50» do Regulamento Administrativo!!! para proteger o presidente da A.T. Coimbra borrifando-se para todas as outras violações associadas ao caso?

E que diz o relatório?
Ao menos foi entregue algum Relatório, mesmo que tardiamente?
Se não há relatório como é que o C. Jurisdicional apreciou o caso?
Com base numa "imaginação perversa"?

Lembrar-se-á a Rita Freitas do post de "Wednesday, October 24, 2007
Diga 33 " onde sugiro: VÁ PARA TRIBUNAL, A ÚNICA LINGUAGEM QUE CERTA GENTE MERECE.
Sabem o porquê do título “Diga 33”. É o que os médicos «antigamente» pediam aos doentes… e é este o estado actual do o ténis

Senhor Secretário Estado do Desporto, tome medidas, mas sérias.

domingo, outubro 28, 2007

Parabéns Inácio

Te voglio bene assai ma tanto tanto bene sai e' una catena ormai che scioglie il sangue dint'e vene sai...

sexta-feira, outubro 26, 2007

quinta-feira, outubro 25, 2007

Ténis - O que mudou

Ricardo Roseira Cayolla apresenta no próximo dia 26 às 21h30, na Biblioteca Municipal Florbela Espanca em Matosinhos, o seu novo livro, Ténis O que mudou
O acto conta com a presença do Dr Fernando Gomes, e a apresentação estará a cargo do jornalista Carlos Daniel
O convite foi formulado pelo Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos Dr. Guilherme Pinto.

Desde já parabéns e votos de enorme êxito.

,

quarta-feira, outubro 24, 2007

Diga 33

Notícia do Jornal O JOGO 24 de Outubro 2007
Conselho Jurisdicional analisa sem o relatório

M.P.

A queixa de Rita Freitas relativa à falta de comparência averbada, há dois meses e meio, no torneio de 10.000 euros da Póvoa de Varzim, já está na posse do Conselho Jurisdicional da Federação Portuguesa de Ténis. Falta, porém, o relatório do juiz-árbitro, Dino Almeida.
Recorde-se que apesar de ter esperado quase duas horas pela adversária (Magali de Lattre), Rita Freitas foi eliminada...
A ex-campeã juvenil não se conformou com tamanha injustiça e fez uma exposição à FPT. Volvido um considerável período de tempo, ficou ontem a saber que o clube que representa (Carcavelos Ténis) recebeu, através de correio electrónico, o anúncio de que a questão iria ser avaliada pelo CJ.
Quem continua a exercer a actividade sem qualquer tipo de represália é Dino Almeida. O facto de ser também presidente da Associação de Ténis de Coimbra leva a que, nos bastidores, se pense que irá ficar impune perante uma situação tão grave.

E ao que parece Rita Freitas está disposta a ir até às últimas consequência
Pela forma como a FPT tratou o processo de ofensas por parte do presidente da ATPorto contra a minha pessoa, em que a FEDE se esteve “borrifando” até para a interpolação feita pelo Instituto do Desporto de Portugal, ela que não vá em histórias de unir a família do ténis pelo PURO Amor…e faça como eu: VÁ PARA TRIBUNAL, A ÚNICA LINGUAGEM QUE CERTA GENTE MERECE.

É que a Associação de Ténis do Porto não enviou os relatóriospor protecção, ou será que presidente da A T de Coimbra goza de impunidade?
Estacionámos no 24 d’Abril?

terça-feira, outubro 23, 2007

Um Zé

O Comentador referiu, eu ter recebido «ordens» de um Zé-qualquer, e queria saber o que se tinha passado? O “Feito” em vez de fedelhice devia ter outra denominação: Talvez pulhice fosse o mais ajustado.

FEDELHO!
Foi exactamente aquilo que afirmei que o árbitro Cassiano (o tal que tem tido muito trabalho ultimamente) tinha sido Montemor
Afirmação feita durante a final de Pares Femininas no Porto Open deste ano, «aquando de uma entrega de prémios aos pares femininos, a raiar a comédia», e só por este ter dito a enormidade que disse, na presença dos senhores Pedro e Vítor, em relação ao episódio acontecido na cidade Alentejana…onde carne de cerdo é mesmo carne de porco…
Presumivelmente não terá sido fedelho, pois um árbitro de cadeira que dá um “Aviso” à laia de «dono», a uma jogadora, cito as suas palavras «foi para castigar a tua atitude» não é fedelho…é pior.
Reconheceu que não sabia o que o treinador falara e castigou a atleta?
Claro que viu e ouviu perfeitamente um… “fala com o árbitro de cadeira” que era exactamente este mesmo Gonçalo cassiano
Em vez de se armar em Juiz de fim-de-semana, devia ter mandado calar o «atrasado» que estava no topo da bancada aos berros ao telemóvel, mas para isso não os teve no sítio.
Quanto a castigar-me, este árbitro deve pensar que já nasceu adulto, esqueceu-se que ainda hoje é demasiado «menino», para castigar homens.
Que pena não lhe terem sacudido as moscas …“em criança”.


Pena não lhe terem sacudido as moscas “em criança”.

.

segunda-feira, outubro 22, 2007

500 ...Pesadelos

Quantas vezes dissemos que nada nos poderia separar, nem 500 noites …mas pior no amor é que no final quedam sempre pontos suspensivos, fazemos figura de tolo, não conseguimos esconder o que não queremos que saibam, reprimimos sentimentos para que não nos chamem tolos, mesmo que soframos por falta de coragem em deixar que nos chamem tolos Por me sentir fraquejar por alguém que não pode ou não quero que esteja no meu tempo, resta-me ter inteligência suficiente para esconder o que vai na alma, não fazer figura de tolo, e não permitir que se saiba do meu penar, mesmo que no fim sofra por não ter tido a coragem de ter sido um tolo

domingo, outubro 21, 2007

«Pedo» quê?

Foi. J. Lagos que escreveu:”pedofilia desportiva / assalto à mão armada no Jornal do Ténis /o R de 19 de Outubro 2007, fazendo-o sempre de forma politicamente correcta.
É precisamente a violação das «consciências inocentes» que tem permitido que este tipo de situação aconteça. Mas se uma criança não se sabe defender, o mesmo não se pode dizer, dos adultos em geral que podem até não saber de ténis!
Mas sabem, dirigentes de clubes e associações/federação (se não sabem demitam-se), e estão silenciados.
O que me preocupa de momento são pais, "se" por “pataca e meia”, colocarem em risco a vida dos filhos, dos filhos dos outros, e dos “vindouros”, como aconteceu, acontece e acontecerá… se acaso souberem o que não sabemos, e o silêncio for comprometedor

Bem-haja!
Já não estamos sós

A Ricardo e Edna

Envelhecemos desde que nascemos; nós que amamos as mulheres sem as conhecermos, que vamos chorando de filhos em filhos, quando reparamos no amargo de uma vida que se esvai em areia fina por entre dedos frágeis das crianças, que teimosamente não queremos que cresçam, é que nos damos conta que o Outono dura apenas o tempo que tarda a chegar o Inverno
20/10/2007
Adolfo Oliveira

sábado, outubro 20, 2007

Vai uma apostinha...

Senhor presidente da Federação: Se fosse possível o acesso ao registo das viagens «by airplane» que são utilizadas pelos “membros” que estão de alguma forma ligados à instituição, o que encontraríamos?

Vai uma “apostinha” que há viagens a mais…ou justificações a menos!

Fazemos um Vídeo sobre o assunto, senhora Seleccionadora?

sexta-feira, outubro 19, 2007

2 patas...

Senhor comentador que alerta para o facto dos meus amigos, (presumo MP «Manuel Perez» e JL «João Lagos!»), virem um dia a morder-me! obrigado pela preocupação, mas os meus amigos não mordem (nem ladram).
Mas que anda por aí muito cão de 2 patas…

Se alguns dos meus amigos um dia romper relações comigo
não será nada do que antes não me tivesse já acontecido

Anedota
Um sujeito vai ao cinema e repara numa senhora com um cão que vai reagindo às melhores partes do filme, como se estivesse a compreender e a gostar do filme.
A dada altura ele diz à mulher:
- Sabe... Estava aqui a olhar para o seu cão... E confesso que estou muito surpreendido...
- Mais surpreendida estou eu!
- Ai sim? Então porquê?

- É que ele leu o livro e não gostou...-

,

quarta-feira, outubro 17, 2007

…é como Azeite

.

Continuo sem ver o Vídeo da entrevista à seleccionadora Magda; esperava que depois desta ter comentado o facto deste vídeo ter sido exposto no Blog do Adolfo(!), fizesse alguns reparos sobre a oportunidade e o “timing” em que foram produzidas as declarações. Porque esperava tal postura? Porque era normal, uma seleccionadora que dá uma entrevista para um “site privado” também nos esclarecesse através dos Jornais ou outros meios, sobre o que se passa no ténis, do que se passa ou passou no exercício do seu cargo, para que não venhamos a saber por portas e travessas o que não devíamos vir a ter conhecimento, ou mesmo que tivesse acontecido.
Não passa despercebido um certo desencanto na família do Puro Amor, a ausência de jogadores em C. Nacionais, desistências de última hora em Internaconais certamente por falta de apoios, e até talvez um travão aos técnicos da FEDE para que não falem sobre o que se passa no seio das selecções e outros…
Claro que todos sabemos que passear sabe bem «
à custa do Zé-Povinho», quando se é seleccionador ou técnico federativo conseguem-se vantagens, e até passamos de incompetentes a génios.
Mas tudo se vem a saber e nem sequer è preciso investigar!; basta andar por aí e ouvimos que não tornam público e que me custa a acerditartécnicos que deixam os atletas nos Hotéis vão para as «Igrejas» rezar, alguns não se privam de uns copitos “que depois de emborcados dão origem ao que se chama uma ramada”?
Mas a ser verdade...estaremos perante um rosário de virtudes.


segunda-feira, outubro 15, 2007

Federer quer explicações!

Perante o que se passou no Porto e agora em Espinho, tendo m conta o grande carinho com que “rataram” as “Mulheres”, cheira-me estar perante o prenúncio da extinção da prova feminina e dos Campeonatos Internacionais Femininos de Portugal com o intuito de organizarem dois 25.000 USD rapazes? Espero que este sentimento não passe de “imaginação”Às vezes parece que estes “men” estão fartos de mulheres...

ESCÂNDALO NO TÊNIS (14/10/2007)

Federer quer explicação sobre denúncias feitas


Tenista suíço Roger Federer confessou estar “atordoado” com as denúncias de “jogos arrranjados” (Foto: AFP)
Pelo menos, 150 partidas do circuito internacional estão sendo investigadas pela ATP sob suspeita de suborno

Espanha. Tenista suíço Roger Federer, atual número um do mundo, afirmou estar “atordoado” com todas as denúncias e declarações sobre os supostos casos de compra de resultados no circuito profissional da modalidade. “Eu estou surpreso com todas essas histórias e chocado que isso possa estar acontecendo. Há 10 anos estou no circuito e nunca escutei ou me ofereceram nada sobre isso”, afirmou o suíço, que está ultimando os preparativos para disputar o Masters Series de Madri, Espanha, na semana que vem
Líder do ranking mundial, o suíço disse que vai pedir explicações sobre os casos. “Vou falar com a federação e os órgãos que puder para ter uma idéia melhor sobre o que está acontecendo de fato”, declarou.
No início ainda desta semana, o atleta britânico Andy Murray concedeu uma entrevista que repercutiu como uma “bomba” no mundo do tênis. Para Murray, todos sabem que existem casos de corrupção. Roger Federer não quis comentar mas revelou: “Vou falar com o colega Andy antes de me pronunciar sobre este assunto”. Já o presidente do Conselho de Jogador da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), o croata Ivan Ljubicic, bem como o número 2 do mundo, o espanhol Rafael Nadal, duvidaram das afirmações de Murray.

Protagonista
Principal alvo das acusações de receber suborno para entregar uma partida, o russo Nikolay Davydenko, número quatro do mundo, foi ao ataque, na sexta-feira passada. Ele acusou Andy Murray, que disse saber que existem “jogos arranjados” no circuito profissional e afirmou ainda conhecer de perto o esquema.
“Se o Murray revelou que conhece esse esquema, significa que faz suas apostas”, comentou Davydenko em Moscou. As suspeitas de supostos subornos surgiram após uma casa de apostas lucrar mais de 10 vezes o normal quando o próprio russo perdeu uma partida em Sopot, na Polônia, para o argentino Martin Vassallo Arguello.
“As pessoas que falam em voz alta vêem seus medos desaparecem. E elas sabem que, se falarem em voz alta, isso significa que não estão envolvidas”, alfinetou Davydenko. Mas Murray desconversou. “Apenas quis dizer que todo mundo já ouviu falar nisso”.
O tenista russo, apesar de não ter sido diretamente ofendido pelo britânico, não perdoou o companheiro de quadra. “Murray foi descrevendo em pormenores o que acontece. Isso significa que ele sabe muita coisa. Ele nunca esteve envolvido, mas sabe como funciona em detalhes. Foi loucura ele afirmar isto”, ironizou o russo.
Investigação
Na quinta-feira passada, a ATP anunciou que está investigando 150 jogos “sob suspeita” de manipulação de resultados. Outra ação foi a reunião, na última sexta-feira, da própria ATP com a Federação Internacional de Tênis e a WTA, em Londres, para discutir o assunto. Além disso, Murray, 20 anos, confirmou que dará um depoimento oficial à ATP. “Vou dar meu depoimento em Madri, para a ATP, semana que vem”

-

domingo, outubro 14, 2007

Ainda não vi, treinadora MAGDA!


Entrevista oferecida à «tennisaguda.com», pela Seleccionadora sub/14 meninas, MAGDA LEAL: Não faço a mínima ideia do conteúdo do Vídeo, e mesmo que o tivesse observado não o comentava, pelo menos por agora e no próprio “post”

uru, achim...

Associação de Ténis do Porto envolvida na Solverde Ténis Cup na qualidade de patrocinadora? A APM Associação Portuguesa de Management é filiada? Qual o clube que está associado a este evento, para que a associação do Porto ande a patrocinar um torneio feito num complexo de ténis pertencente à associação de Aveiro?

Não é patrocinador! Em vez de Gato por Lebre temos publicidade enganosa!
Que espera senhor Presidente da A. Geral? Que seja o ministro da solidariedade a intervir?

sábado, outubro 13, 2007

Fátima


Quanto Valem

Quanto custa à FPT cada WC que as organizações cedem nos torneios internacionais?
As organizações cedem-nos a troco de quê?
Bolas e “outras coisas mais”?
O que é que um clube que não organiza provas dessas tem a ver com isso!
Se os WC são oferecidos a troco de nada, é Bonito
O mesmo já não se pode dizer «do negócio» ser sempre para o mesmo como se pode recentemente verificar nos torneios internacionais «seguidos» em que foram oferecidos WC para o MD à jogadora Gallo um para o Porto outro para Espinho
São as “meninas” do DTN que recebem os convites; assim não admira que todas queiram ser trabalhadas por ele.
Se lhe entregarem Davis Cup não se tenha dúvidas que passamos a ter bailarico com rapazes, e o rap fica completo
Como acabar com a pouca vergonha que vai pelo país?
Difícil: O presidente da Fede está de passagem...
Pedir aos presidentes das associações para intervirem no sentido de defenderem os seus clubes … valha-nos Deus abrirem a boca! Eles nem se demitem…nem os clubes os demitem, vá-se lá saber porquê!

quinta-feira, outubro 11, 2007

Virou empresa de sondagens?

Senhor Jornalista do "Record" que reportou a história da Sondagem/Norténis, que tal apreciar o encanto de um bom romance…

A tal sondagem foi feita para que população alvo?
Qual o tempo de duração da mesma?
E o total dos inquiridos?
Qual a % do sim e qual a do não?
Porque não foi publicado o resultado nos sites da organização?
Têm provas que foi feita?
Porque não publicou isso antes?
Não sabia?
Que tal pedir para ler a acta onde consta a autorização da direcção da ATPorto para participar neste tipo de evento (Porto Open) já que esta associação aparece como organizadora e o presidente como director.
Acha que se tivessem feito a tal sondagem não tinham andado a apregoar aos 7 ventos o resultado?... esteja atento aos jornais e ao Solverde Ténis Cup...repare nos patrocinadores e depois tire as conclusões...
Se não souber do que se trata vá lendo o Blog que ficará a saber com quantos toros se faz uma jangada.
Como normalmente as sondagens traduzem-se nas estatisticas aí vai «coltura geral» 42.7% of all statistics are made up on the spot.

Que tal de vez em quando dar razão aos que estão deste lado?

-

Coelho!!!

Esta semana o Jornal “Record” deu 2 notícias singulares
Refere o dito jornal que determinada jogadora não tem dinheiro para ir ver de perto os Cangurus e outra que a organização do Porto Open terá feito uma sondagem para sustentar a decisão de mudar o torneio feminino para um
Mixto

Relativamente à 1ª, apraz dizer o seguinte:
Subsídios da “Fede” para provas profissionais? E os clubes a pagarem tudo nos Nacionais de Equipas? É isso que querem com o «Choradinho»
Que tal o DTN/Seleccionador e treinador, fazer um peditório para angariar Money e custear as deslocações da atleta? Ou então que tal mudar de profissão?

Quanto às tais sondagens, julga que engolimos essa? Foram feitas antes do «torneo»? Não brinquem…
Pensam que não lemos as notícias publicadas sobre o que foi dito na Conferência de Imprensa de apresentação do torneio 6ª feira dia 28 antes de ele ter início?
Também lemos o que foi dito no tal almoço informal para os jornalistas…
A Ideia Luminosa referida, feita depois da notícia do O JOGO, foi segundo “eles” para interceptar jovens portugueses.
Assim era necessário, transformar o Solverde Cup (o maior torneio com PM para federados, 25.000 euros que se distribuíam pelos “tugas” e que poderiam servir para apoiar carreiras), numa prova para encher bolsos estrangeiros, numa clara decisão tomada dentro do espírito da defesa das mais jovens promessas nacionais.

Tinham que arranjar um “crente” que caísse na tentação…
Será que se esqueceram que em Portugal ainda há quem saiba que a ITF não permite fazer um 15.000 Homens ISOLADO!

Gato por Lebre come-se…....mas COELHO com PENAS?


quarta-feira, outubro 10, 2007

Festa do finado

Quando a fome aperta, a vergonha afrouxa...

Marcha fúnebre dos Campeonatos Interncionais Femininos do Norte.


Oh! ..."in" porto open

Evidente que as criticas devem ser encaradas como oferendas correctivas e não como “bota a baixo”. Mas que o torneio “findo” do Porto tem algumas curiosidades assinaláveis lá isso tem.
Se estou enganado corrijam-me
O cabeça de série nº 1, o jogador mais «classificado», e o único posicionado abaixo dos 300 ATP, só “xogou” no Court Central no dia da Final?

Ainda estranham que tomasse banhos de sol?
Andou toda a semana a tomar «banhos de desconsideração»

.

terça-feira, outubro 09, 2007

Um Porto-Espinho

Curiosidades para meditar sobre o Porto Open

Não se realizou a final de pares no sábado porque era tarde, mas segundo consta, «à socapa» efectuaram “fora de horas” um jogo do Qualy de ESPINHO!

E numa de borrifar para «tudo e todos» o finalista “singulares homens” (?) optou por fazer o seu «aquecimento» em tronco nu, apanhando banhos de sol sentado numa cadeira bem no «meiinho» do campo nº 1


"Deu tudo certo, tirando o errado... Bem próximo do péssimo!"

segunda-feira, outubro 08, 2007

Crentes

Ai! Que dói Senhor Presidente da Câmara Municipal do Porto
Ai! Que dor Senhor Vereador do Pelouro do Desporto
Ai que pena, Senhores Directores da Porto Lazer…

Eu sou o tal que Organizou a RAR CUP, em 1988, e não fazia nem ideia…nem vós.
Um dia, na época 2002/2003, lá para as bandas da associação nortenha disseram que não fazia ideia como se organizava um grande torneio Respondi que também não era preciso, acabara de chegar de Girona, se precisasse perguntava aos «nuestros hermanos».

Gostaria de poder dizer parabéns pelo renascer do Porto Open,
Não posso, mas posso dizer que certos senhores não sabem organizar torneios desta natureza, e nem de outras se atendermos à falência do WTA Tour 140 usd.
Este renovado torneio, que acabou mal tal como começara, cheio de queixas e com baixo nível de participação qualitativa/quantitativa, foi um fiasco na sua essência.

Mas aquilo que mais doeu foi assistir à Final de Pares Femininos
Consta que não a fizeram no sábado porque já era tarde!
Parece que no Domingo não foi de manhã! Ainda foi mais tarde…
Simplesmente degradante para as jogadoras e para a própria modalidade, como a anunciar o funeral dos Campeonatos Internacionais Femininos de Portugal, ou seja, um total desprezo pelas atletas, com o encontro a iniciar-se depois de anunciado o fim do evento, (com um até para o próximo ano), o público em debandada, pessoas a desmantelarem a “tenda” ao iniciar-se a final, com “elas” a ouvirem o «ruído»
Um funcionário entrando no campo para recolher um cabo como a querer dizer, “isto” já não faz parte do circo
Cerimónia sem o director do Porto Open (?) presente pelo menos nas imediações, para que descendo ao recinto estivesse presente na entrega dos prémios às jogadoras
Juiz árbitro ausente na final? Também não era preciso…
Os rapazes não disputaram a final de pares, (nem interessa saber porquê), ao contrário delas, mesmo sendo das 500 WTA para cima deram a entender que o profissionalismo e o respeito pela organização/público/patrocinadores é algo que não esquecem.
Então as palavras que as jogadoras dedicaram ao público são dignas de registo.

Elas e o Porto mereciam mais respeito

A PORTO LAZER (EM) merecia melhores parceiros…daqueles que sabem como se organizam estas provas, saibam receber convidados sem lhes dar motivos para dizerem mal do torneio e da cidade, que tenham algo a perder se falharem, prestígio a defender, que sejam conhecedores do mundo competitivo, dispostos mesmo ganhando, a servir o Ténis e não apenas a servir-se dele, sempre que surja a oportunidade ou encontrem pela frente, “Crentes”


E tinham-nos tão cerca,,,
Não! não estou a falar de mim


domingo, outubro 07, 2007

Piange... Il Telefono

O que disse…do toucinho

Não!

Claro que ninguém acredita que alguém vá preso por “ofensas” a quem quer que seja; eles nem ficam presos por matar! Também nem foi para que alguém desse com os costados na cadeia que me queixei ao Ministério Público.

Além de não querer o mal gratuito de nenhum ser racional ou irracional, nem que os impostos dos racionais sirvam para alojar mais presidiários, é necessário que andem à solta os que ofendem, para que possamos ver a vergonha estampada no rosto de quem está a mais no ténis, e no desporto em geral, mesmo não tendo disursos truliteiros, frase que deve ter "caído no goto" do Conselho Superior do Desporto.

Se quisesse «gradear alguém» não era ainda com queixas de “falsificação de documentos com ou sem a minha assinatura” que lá chegava. Talvez por Burla ao Estado fosse o caminho mais seguro.

sábado, outubro 06, 2007

Carta aberta aos clubes da ATPorto

...não era evitável
Da notícia vinda a público no Jornal do Ténis / “Record” de 5/10/07, num caso em que a FPT não quis dialogar sobre as queixas apresentadas contra o presidente da ATPorto e Direcção ao dar conhecimento expresso ao Presidente da Mesa da Assembleia-geral, senhor António José Silva Santos, considero a carta extensiva aos clubes com assento na Assembleia-geral, pelo que não poderão alegar desconhecimento dos factos que envolvem a associação.

!

Smile and the world will smile with you.
Laugh and they'll all think you’re on drugs."

sexta-feira, outubro 05, 2007

Só … DEUS

!
Quanto quero pelo "silêncio"?
Utilizarem a minha assinatura sem autorização?
Brincarem com a minha dignidade ?

Na minha alma só «ELE» toca.

Independente do resultado do “inquérito” não estou seguro se a demissão do presidente da direcção da A.T. Porto, que devia ser solicitada pelo presidente da mesa da A. Geral acontecerá, ou se é realmente a melhor solução: Uma definitiva irradiação da modalidade e do fenómeno federativo é único caminho para este tipo de pessoa, sendo exactamente o que foi pedido à FPT. Senhor Presidente da FPT porque não perguntou ao IDP o que este pensou do conteúdo das afirmações do dirigente do Porto contidas nos e-mail?

.

quinta-feira, outubro 04, 2007

E` LA MIA VITA

quarta-feira, outubro 03, 2007

Estoril Open continua sem casa,,,

Reconversão do Estoril
João Lagos continua sem possuir uma sede permanente para a realização do cada vez maior evento de ténis criado em 1990
Só acontece porque o senhor Lagos não faz parte da tal Família do Puro Amor; se fizesse já tinha o problema da sede resolvido. Reconvertia O ESTORIL OPEN em Campeonatos Internacionais Luso Hispânicos, e ainda se arriscava a que alguma associação lhe pagasse certas despesas; com sorte mandava o Fisco aos figos.

Dispensável
Sobre o convite/comunicado/informação ou lá com que intenção foi escrito, a Associação do Porto enviou-me um e-mail a convidar para assistir ao jogos do Porto Open (F+H)
Dispensável; Já o mesmo não se pode dizer de enviarem missivas para os directores da associação que ninguém lhes põe o “olho em cima”.
Será que já foi reconvertida num negócio, daqueles que paga contas que não devia…como a um Supervisor Destacado num 25.000 usd!

.

terça-feira, outubro 02, 2007

Só com creolina

Porto Open interessado em limpar a má imagem
M.P.


Foi com um enorme desplante que a direcção do Porto Open enviou, ontem, para os órgãos de Comunicação Social, um convite para um almoço, na próxima sexta-feira, destinado a "apresentar e divulgar a estratégia do novo ciclo deste torneio internacional". Numa altura em que, nas instalações do Complexo Desportivo do Monte Aventino decorre a oitava edição - e não a sétima como é publicamente anunciado -, o Porto Open surge com o mais pobre prize money da sua história. 10.000 dólares é o "valor" de uma prova feminina nascida em 1999, desaparecida em 2006 sem qualquer explicação oficial e de regresso através de um casamento de conveniência com um torneio masculino de 15.000 dólares. Desapareceu também o termo "Femininos" da designação de Porto Open - Campeonatos Internacionais Femininos de Portugal, quando na sua origem se pretendeu avançar para um projecto do ténis português nessa vertente. Algo que, como se sabe, nunca deu qualquer fruto... Fala-se agora do interesse em "interceptar directamente com o início de carreira de uma nova geração", mas, para os mais atentos, isso é uma forma de justificar o... injustificável.

Espera-se que o tal «banquete» não seja pago pelos clubes da associação que nada têm a ver com o torneio; já agora mencionem se a "direcção associativa" já repôs o dinheiro que estava a prazo!

segunda-feira, outubro 01, 2007

Pé e pescoço

Mentiram na acusação…
Ou senhor Dino Almeida, (ou o senhor Presidente da Associação de Coimbra), que não é bem a mesma coisa, não disse a verdade na queixa que apresentou contra mim. Foi deliberada a intencão?; terá tentado incriminar-me para defender o amigo? Se não mentiu então provará a acusação que fez...


Foi ameaçado…
É um facto: tenho prova. Mesmo sendo ameaçado pelo presidente da direcção da Associação de Ténis do Porto acusou-me a mim?; que homem e que presidente (?) é ameaçado institucionalmente ou não, e fica calado? Silêncio a troco de quê?
Há clubes em Coimbra…
E sabemos que os há; será que se permitem ter um presidente associativo que faculta o acesso ao correio elerónico a um jornalista! Ingénua briosa? …pensar-se que um jornalista não consulta o correio facultado, é ser ingénuo, o que não se aplica neste caso, muito menos depois do que aconteceu na Póvoa de Varzim. Não se lembrando do que escreveu «num guardanapo de papel», em lugar público? Esqueceu o que enviou «by e-mail» ao Adolfo, ou também escondeu isso do presidente da A.T. Porto
Violação de confidencialidade…
Esta só lembra ao diabo, "senhores do atlântico". Se nos e-mail se percebesse «uma conspiração contra o Governo da Nação ou um atentado no Metro de Lisboa ou num Estádio de Futebol no Europeu?» O jornalista calava-se e depois de morrerem “milhares” levantava o dedo e dizia: Eu sabia senhora professora…

Ah! Foi para morder iscos? CRESÇAM

tremenda pianada

Ficaram a saber os leitores, que de Coimbra se queixaram ao Ministério Público de eu Adolfo, ter “fanado a palavra-chave do e-mail da associação” (agora sou protagonista do filme Como roubar 1 milhão), ou de ter “violado a caixa do correio da mesma” (Película o Violador implacável) ou «coisa que o valha, pois não percebi patavina do teor da queixa!»; Explicarei no “artigo” Pé e Pescoço

para já um pouco de pianada




 
Web Analytics