sábado, junho 29, 2013

Tarzans de BD

SÓ DE BANDA DESENHADA

Não sou tipo de fanfarronadas
dos q papam suculento repolho
metendo depois ‘pirilau de molho…
_ mas levavas uma pranchadas!

ÓÓ, não falas c’ Gertrudes enjeitada,
e como não sou dessa laia
o que murcho sobrou não te caia!
- Tarzans só de banda desenhada


Cito Loio



Logo no Onital café às 21 horas ...Vai ser bonito vai!!!!
(Rua Latino Coelho x  rua Santos Pousada)

sexta-feira, junho 21, 2013

DEUS É INSANO

  29 de Junho Sábado

....a partir das 21 h no 
no CAFÉ ONITAL
(cruzamento  Latino Coelho c'  Santos Pousada

...vai ser bonito com a 2ª apresentação do livro 
 Mel e Gindungo...depois de comer uma Francesinha. (garanto que são de qualidade...



O tema para debate  é...



DEUS É INSANO


Por vil demais sabido debochado
virou costas Deus ao pé rapado
fez-se chefe mor do patronato
accionista maioritário da NATO.

Figura d’ aspecto mesquinho
assumido ser o maior padrinho
de eleitos governantes corruptos
protegidos por policias brutos,
delicia-se com cenas “porno”
oferecido aos judeus sabido forno
depreciado ‘genocídio d’ inocentes
executado pelos seus agentes

Deus (creio) ser como vil padrasto
e de tanta malvadez já gasto
enviou, criado o homem à sua imagem,
para terra ‘diabo em romagem.

Este perfeito aluno seguiu-lhos passos
rompeu breve c’ Ele os laços
tomou a igreja como seguro abrigo
para em sacristia ter ‘mulher do amigo!
_ maior defeito não se lh’encontra
por vingativo quando se confronta
com a bondade feto feito criança
decretado por Roma (!) a matança

Afinal, Deus é, espelho do homem
mais sanguinário q o lobisomem,
descrevendo seus  crimes por sadismo
glorificando-os no catecismo.

Tão pérfido egoísta e insano
que até criou o ser humano….

Cito Loio
21/Junho 2013














quarta-feira, junho 19, 2013

Para nha KIM CARMO

Vamos fazendo as nossas confissões mais íntimas,expurgando fantasmas, revivendo momentos de sã loucura
Faz  40 anos que dancei pela última vez com a Kim Carmo Baião , não no palco do Aviz, ou na festa de finalistas do Salvador Correia, mas nas areias escaldantes da praia do Tamariz
.
Por ela e para ela, um dos mais difíceis e dolosos poemas que escrevi

PARA KIM

Acesos  os holofotes,  brilhando
estival 'fevereira' noite de folia,
brutais sons 'batucantes', delirando
vi negra aloirada, não dormia
e volteando-me com passos de magia
girei num palco de cinema
_ saltava ela - calmo percebia
soltas páginas dum pobre poema.

« Faz uma letra para esta dança
com sorrisos de valsa fecunda
para abraçados numa eterna aliança
contornarmos a próxima rotunda!
_ diz Cito, haverá traição 
ter por escondida liberdade fé?
-Já se afunda esta espécie de nação
por remar contra a maré
não vendo doutos dirigentes
que vindo, ventos do frio leste
trazem c 'ideologias, doentes
e canhões infestados de rubla peste...»


Jetê, rodopio, anda, atura-me
diminuto palco para tanta euforia!

« Vê esta espargata...segura-me,
deixa-me sonhar a independência
rolar na praia dormida na areia
mostrar-me à indecência
desnudar-me d' escamas, ser sereia...
»


Escurece a sala caídas as letras
dum poema antigo q não terminou;
_ no céu, loira, entre estrelas pretas
luze a dançarina q mais m' encantou


Cito Loio

Para ti e  tão imortal como esta música 


sexta-feira, junho 14, 2013

Amanhã Sábado 15 Centro Comercial Trindade 1º andar às 15:50


Amanhã terá lugar a 1ª apresentação (depois do lançamento) do livro Mel e Gindungo
Espero que a malta do Karaté não "amande" pontapés na atmosfera , que o pessoal não se "encolha com amores pornográficos" e ... que a voz não me doa

Fiquem-se com este e garanto que vou declamar este  jajaja´

Homenagem a Fernando Pessoa

CUIDADO COM AS VIAGENS

(António)
Sai um copázio de branco maduro
preferência, fresco, sem pé
um rissol com cheiro a marisco
que a mais (hum!) não arriiiiiiiisco

(Zé)
É para matar o vício ou tá duro?
- Saiba, cá na tasca do Zé
freguês tem crédito d’ honestidade,
e juros, (!) desconto na solidariedade

(António)
Agradecido amigo mas ná m’apetece
empachar (a estas horas) o bandulho
chegando-me não dormir (aiai) c’o barulho

(Zé)
António, caro senhor, coisas q a cona tece;
_ sei q altas horas chega a tesão
depois do 'tal maridinho' ir-se d’ avião!

Cito Loio



terça-feira, junho 11, 2013

sexta-feira, junho 07, 2013

Camões e só ele... maior que a Pátria



No próximo dia 10 ...é o seu dia mas antecipo o feito
Poema dedicado a Adolfo Inácio para comemorar o 10 de Junho


Quando em 1965 o castigaram por ter escrito um poema, não sabia a professora de português que aquele menino nascido em 1953 a quem assinalaram na certidão de nascimento raça mestiça, publicaria quase 5 décadas depois um livro de poemas, homenageando Camões, e o dia da Raça (!)



MAIOR(ES) QUE A PÁTRIA

Choraste, Camões, ao Ganges em sussurro!
- Ele, sem a paz, destruído 'futuro,
secou lágrimas «em folhas de mandioca»

Escreveste (só) das mais belas epopeias!
- Ele, evocando d’ oceanos sereias
perdeu-se com elas por desviada a rota

Diferente, foste Poeta, imortalizado.
- Ele, varrendo misérias desesperado
viu o nome mergulhado na lama

Da pátria assinalaste «armas e barões»!
- Ele, como tu, ganhou dela magras rações
esperando ‘enxerga como última cama...

Cito Loio




Já agora antecipando na Galeria Trindade dia 15... às 16 h «vamos quebrar tabus» com Cousas, Mel Gindungo….Artes Maciais etc

segunda-feira, junho 03, 2013

Verdadeiramente o 1º


Este é o meu 1º (verdadeiro) poema em Espanhol, porque foi pensado em Castelhano coisa em mim rara...ihihih
Por isso entendi oferecer-lhe uma música impressionante e ao mesmo tempo uma homenagem a Freddie
(que me perdonen lós espanholes)...




CON VERDAD

No se mira de Cartagena á Siracusa
pero m’ encanté contigo en Madrid;
_ abrazándote de pronto te vi
en Barcelona, temblando frágil y confusa

siguiendo pasaros la propia ruta
tuve de cambiar sueños y sin ellos
sube, por destino perderlos.
-Borré el pasado de forma abrupta

Extraño, pero aún me gusta pasear
irme por los caminos del pensamiento,
adherir en metro me asiento!;
_ dejar un nuevo sueno sobrevolar

Hoy puedo recordarte – sin penas
llenar con tu música la soledad
mientras el viento sopla – decir verdad
que me restó sin ti, escribir poemas 

Cito Loio
2/3/ Juño de 2013

domingo, junho 02, 2013

Dia mundial do Sr Passos Coelho...!

Democraticamente o… dIA dOS pUTOS

Comemorou-se (1/6/) o dia da criança.

Escutava o senhor Marques Mendes a descascar no senhor M.Soares pelo facto deste ter dito que o Governo não tem legitimidade democrática...e de facto não tem, até pelas razões que o primeiro invocou para criticar o segundo, quando diz que o Governo cometeu uma INFANTILIDADE”

Evidente que atitudes infantis são cometidas pelas crianças/infantis até à adolescência, não aceitáveis e até bastas vezes criticadas pelos adultos.
Mas na verdade uma infantilidade é algo feito ou dito sem consciência crítica, não podendo ser julgado quem as pratica, isto à luz do juizo formal do adulto, mas «devendo» ser desculpáveis por estes.

Tenho assim por minha convicção que afinal o Governo tem legitimidade porque como ao cometer uma Infantilidade esta deverá ser desculpada pelos eleitores...e só os “adultos” (maior idade) VOTAM

Quanto ao Senhor Soares pelo que me toca ainda estou vivo!;_ felizmente em África ensinaram-se a nadar, caso caísse ao Atlântico

Já agora como tb tem culpas no cartório esta é para si Dr Soares  


SENTIMENTOS COM CAPAS NEGRAS

Porque me sinto (deprimido) - triste?
-Por não ter a caneta em riste
nem escrever canções de revolta
e saber d'irmãos (chorando) nha volta

Triste ainda por estar cansado,
escutar palavras estranhas dum fado
falando de capas negras em contestação
e dos caminhos errados da revolução

Cito Loio





E antes que me julgue poeticamente que tal ler o que me escreveram relativamente ao Livro de poemas MEL e GINDUNGO, sendo esta a primeira Crítica que me chegou sobre o referido livro.
Muito obrigado Fernanda Correia pelas palavras e pelo (seu bom gosto...!!!)

 
Web Analytics